domingo, abril 16, 2006

Cenas palacianas II

Após vários anos atirado à própria sorte, o banheiro do porão do Piratini é restaurado. Piso novo, pintura das paredes e das portas refeitas, duas novas pias instaladas e até um espelho maior e novinho em folha.

Primeiro dia. Impacto geral com a novidade, elogios e até um comentário - um pouco exagerado, é verdade - de que, do jeito que o banheiro estava, era possível até dormir ali.

Segundo dia. Cinzas de cigarro no chão, poças de mijo pelo piso, galera que não puxou a descarga, papel sujo fora do cestinho e vaso entupido porque jogaram até comida na privada.

Pérolas aos porcos...

Um comentário:

Marcio Bortolotto disse...

Brisa: Apesar de eu achar que o banheiro é a nossa melhor parte da casa ( não existe local onde sua privacidade é mais explorada, literalmente!), é realmente lamentável que a limpeza não seja conservada, até nos ambientes onde os frequentadores possuem maior nível. Via de regra, a exceção é encontrarmos um banheiro sempre nas condições mínimas de uso. . .vejo que não respeitam nem os sanitários supostamente destinados aos portadores de deficiência. . .E nem estou comentando o fato das pessoas que foram "educadas" a jogar papel higiênico direto na privada. . .Temos muito a crescer enquanto sociedade, não achas? Grande abraço! Marcio Bort