sexta-feira, julho 28, 2006

Pot-pourri de pagodes

Estou postando a letra deste pot-pourri de sambas para decorar com mais facilidade porque é o que estou escutando direto no computador e no CD que eu gravei. Está no disco "Pela sombra", gravado pelo saudoso Mestre Marçal, em 1989.

Eis o link do rapidshare, para quem se interessar em baixar: http://rapidshare.de/files/27488121/MESTRE_MAR_AL_-_Pot-pourri_de_pagodes.mp3.html


Sofrimento (Chimbica)

Eu já não posso mais continuar vivendo assim
Já é demais o meu penar
Eu já estou no fim

Eu me lembrei com saudade
Da minha mocidade
Eu chorei, eu chorei

Chorei porque eu relembrei
Os velhos tempos da boemia
Hoje não posso mais
Levar a vida que eu vivia

Eu me lembrei com saudade
Da minha mocidade
Eu chorei, eu chorei

O remorso me condena (Ratinho - Monarco)

O remorso me condena
Às vezes de ti sinto pena
Muito embora não mereças compaixão
Magoaste um coração
Que te fez tanta bondade
Mas a tua falsidade nao merece meu perdão

Não, não, não adianta fingir
Já cansei de ouvir
Tens o dom de enganar
E se me fazes sorrir, amanhã vou sentir
Vou sofrer, vou chorar

Menino do morro (Damião - Cosme - Guga)

Aquele menino do morro me deixou saudade
Pobre de quem não conhece a felicidade

Como eu não conheci
Ele também não conhece
Só a saudade no peito dos dois aparece

Quando desci lá do morro
Quase que desci chorando
Com a saudade em meu peito aumentando

Quando eu fico pensando
Naquele pobre menino
Fico com o rosto molhado
E minhas lágrimas caindo

Quando eu fico pensando
Naquele pobre menino
Fico com o rosto molhado
E minhas lágrimas caindo

Saudade colorida (Sílvio da Silva - Silvinho da Portela)

Laiá laiá laiá laiá lalalaialaiá

Sei que vais resistir, Portela
Ao inesperado golpe do destino
Correu descendo ao divino
Perturbado e finito
O braço forte de seus carnavais

Num triste adeus para nunca mais } bis

(ele partiu)

Partiu deixando a saudade
O homem de um braço só de Madureira
A tristeza de azul e branco
Caiu das lágrimas rolou nos prantos
Chorou nos quatro cantos da cidade
Império Serrano, Salgueiro e Mangueira
Imperatriz, Beija flor e Padre Miguel
São Carlos, Em Cima da Hora e Vila Isabel

Foi decretado luto nas casas de bamba
Morreu Natal, o baluarte do samba

Laiá laiá laiá laiá lalalaialaiá

2 comentários:

Anderson disse...

Pensava que fosse o único a gostar de sambas antigos.
Legal o seu Blog...
Acabo de adquirir um CD do mestre Marçal interpretando sucessos do pai dele e o Bide. Muito show.
Sabe como faço para conseguir músicas do LP ENTRE AMIGOS - Mestre Marçal BMG Ariola 1990??
ão tenho página na net, se puder envie p/ o meu mail.
Abs,
Anderson

Anônimo disse...

Lindo samba...viva a velha guarda !!